JambaKiaxi

O mundo noticioso sem preço

Comunicações móveis em Angola em 2º lugar entre os países da África austral

87fcb517-b45e-457d-8900-95973be24d28Esta é uma previsão da Ericsson, uma empresa que está autorizada a falar quando o tema estiver relacionado com tecnologias e serviços de comunicação, uma vez que a empresa mede regularmente o tráfego de cerca de 100 redes activas em todo o mundo. No seu relatório sobre as comunicações na África Subsariana, de Junho de 2014 a Ericsson revelou que neste ano os utilizadores de telefone consumiram 76 000 TB (terabyte) de dados por mês, o dobro dos 37 500 TB alcançados em 2013.

Espera-se que em 2015 o número volte a duplicar, ou seja, que os utilizadores de telefones móveis consumam 147 000 TB por mês.Este crescimento impressionante deve-se ao aumento da utilização das redes sociais e das aplicações de conteúdos e de vídeo, acedidos a partir de uma nova gama de smartphones mais barata. Os países Áfricanos que mais contribuiram para esse aumento: Quénia, África do Sul e Nigéria.

Segundo Fredrik Jejdling, o responsável pela Região da África Subsariana da Ericsson:”A África Subsariana está actualmente a viver uma revolução digital móvel, com os consumidores, redes e até as empresas de media a activarem as possibilidades das tecnologias 3G e 4G. Temos visto esta tendência crescer há alguns anos, mas nos últimos 12 meses o tráfego do digital aumentou cerca de 100%, forçando-nos a rever as nossas previsões”.

De acordo com o Relatório, nos próximos cinco anos o tráfego de chamadas de voz na África Subsariana irá duplicar e o uso de dados móveis aumentar de forma nunca antes vista, cerca de 20 vezes entre 2013 e 2019, o dobro do crescimento global esperado. O documento revela ainda que até 2019, 75 por cento das subscrições móveis incluirão internet (3G ou 4G).Este crescimento tem sido esperado principalmente depois do lançamento, em 2014, de uma quantidade de smartphones abaixo dos $50 USD por parte de alguns dos maiores fabricantes de equipamentos, permitindo a rápida expansão das tecnologias 3G e 4G em toda a região.

O Relatório de 2014 prevê que, num prazo de apenas três anos, o 3G será a tecnologia dominante em toda a região.Angola está presente no relatório, podendo ser destacado como o 2º país que mais cresce na região sul de África em termos de comunicações, ficando atrás da África do Sul. Esse crescimento pode ser directamente ligado ao crescimento das companhias de telefonia móvel que têm conseguido mais clientes, mais serviços e promovido o uso de dados móveis.Outro ponto de destaque é que até 2019, Angola, Nigéria e África do Sul serão os países com mais subscrições 4G/LTE em todo continente.(Menos Fios)

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Information

This entry was posted on 11 de Junho de 2014 by in Sociedade and tagged , , , , , , .

Navegação

%d bloggers like this: