JambaKiaxi

O mundo noticioso sem preço

“Angola é um exemplo de progresso em África” Quem afirmou?

Ex-presidente da Nigéria e actual  presidente do Grupo de Eminentes Personalidades de África, Caraíbas e Pacífico, Olusegun Obasanjo

Ex-presidente da Nigéria e actual presidente do Grupo de Eminentes Personalidades de África, Caraíbas e Pacífico, Olusegun Obasanjo.

Os progressos políticos e económicos em África reflectem-se na estabilidade de países como Angola, que se tem evidenciado pelos indicadores de desenvolvimento humano, e nos actos eleitorais que se assistem um pouco por todo o continente, declarou ontem, em Luanda, o actual presidente do Grupo de Eminentes Personalidades de África, Caraíbas e Pacífico, Olusegun Obasanjo.

O Presidente da República, José Eduardo dos Santos, recebeu ontem em audiência Olusegun Obasanjo, actual presidente do Grupo de Eminentes Personalidades da África, Caraíbas e Pacífico (GEP-ACP), com quem analisou assuntos relacionados com a conjuntura internacional e africana, em especial.

Ao deixar o Palácio da Cidade Alta, o antigo Chefe de Estado da Nigéria disse à imprensa que de uma maneira geral, apesar da situação na República Centro Africana, e dos acontecimentos mais recentes no Lesotho e na Nigéria, “África tem estado a progredir em muitos aspectos”.

Olusegun Obasanjo considerou um privilégio poder trocar impressões com o líder angolano, que se tem destacado, como disse, à frente da Conferência Internacional sobre a Região dos Grandes Lagos (CIRGL), sobre os grandes dossiers que dominam a actualidade africana e mundial.

Obasanjo, que já foi presidente da União Africana, entende que os progressos políticos e económicos em África reflectem-se na estabilidade de países como Angola, que se tem evidenciado pelos indicadores de desenvolvimento humano, e nos actos eleitorais que se assistem um pouco por todo o continente.

O nigeriano veio a Angola para a sexta reunião do GEP-ACP, que durante três dias discutiu, em Luanda, o “Futuro do Grupo ACP após 2020”. Durante a reunião, as doze personalidades das regiões abrangidas pelo grupo falaram sobre o futuro da organização, os novos desafios e as relações internacionais, especialmente o Acordo de Cotonou e o Tratado de Lisboa.

A visita de Olusegun Obasanjo a Angola também teve a ver com a realização da segunda edição do Festival Nacional da Cultura (Fenacult). Obasanju foi um dos oradores do colóquio sobre a dimensão cultural do Presidente José Eduardo dos Santos, um líder, como disse, “com muita experiência na resolução de conflitos e empenhado no bem-estar do seu povo, de África e da humanidade”.

Fonte: JA

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Information

This entry was posted on 3 de Setembro de 2014 by in Politica and tagged , , , , .

Navegação

%d bloggers like this: