JambaKiaxi

O mundo noticioso sem preço

China executou 2400 cidadãos no ano passado, mais do que todos os restantes países

dfdApesar de ter reduzido o número de execuções, a China continua a ser, de longe, o país do mundo que mais aplica a pena capital, segundo dados revelados pela Fundação Dui Hua.

A China terá executado 2400 pessoas durante o ano passado, um número muito superior às 778 mortes ocorridas em 2013 em todos os restantes países do mundo que ainda continuam a aplicar a pena capital.

A estimativa das execuções na China foi revelada pela Dui Hua – organização sediada em São Francisco e com uma delegação em Hong Kong, que luta pela clemência e pelas condições em que são mantidos os prisioneiros – após a Amnistia Internacional ter apresentado os números relativos à pena capital nos restantes países do mundo.

Desde 2009, que a Amnistia deixou de incluir a China nos seus dados, por não conseguir ter acesso a informações fiáveis sobre o país.

As estimativas da Dui Hua são baseadas nas informações divulgadas pelo “Semanário do Sul”, um dos maiores jornais chineses, que foram ao encontro dos dados que receberam no início deste ano de um responsável judicial chinês.

Menos 20% do que no ano anterior
A fundação refere que, apesar da China continuar a surgir destacadíssima na aplicação da pena capital, terá reduzido em 20% no ano passado a sua aplicação comparativamente com o ano anterior, mas o regime de Pequim não procura, contudo, publicitar esse dado, por ser um assunto a que não pretende dar relevância.

“A China executa atualmente mais pessoas todos os anos do que o resto do mundo todo junto, mas executou muito menos pessoas desde que a decisão final sobre as sentenças de morte voltou a ser tomada pelo Supremo Tribunal do Povo em 2007”, refere a Dui Hua.

O tribunal não terá dado seguimento a 39% das sentenças de morte, segundo dados do jornal chinês, citado pela Dui Hua.

Relativamente às restantes 778 execuções que Amnistia indicou terem ocorrido em 2013, 369 tiveram lugar no Irão, 79 na Arábia Saudita, 39 nos Estados Unidos.

Fonte:Expresso/Jambakiaxi

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Information

This entry was posted on 22 de Outubro de 2014 by in Politica and tagged , , , , , , , .

Navegação

%d bloggers like this: