JambaKiaxi

O mundo noticioso sem preço

Programa Angola Investe deverá criar mais de 54 mil empregos

sdsdCinquenta e quatro mil e 301 empregos directos e indirectos deverão ser criados com a disponibilização de 49 mil milhões de Kwanzas, no quadro do programa “Angola Investe” (PDMPME ), “Meu Negócio” e “Minha Vida”, indica o comunicado de imprensa saído da II Reunião Ordinária do Conselho Nacional de Concertação Social, realizada nesta sexta feira, em Luanda.

De acordo com a nota da reunião, orientada pelo Vice-presidente da República, Manuel Domingos Vicente, o valor dos projectos aprovados é de 78 mil milhões de Kwanzas.

O documento faz alusão a um relatório de balanço do programa “Angola Investe” (PDMPME ), “Meu Negócio ” e “Minha Vida, que “evidencia os principais avanços obtidos  nos últimos meses do ano em curso, essencialmente no que se refere ao financiamento às micro, pequenas e médias empresas e aos benefícios fiscais concedidos aos operadores económicos”.

Informa que até Outubro foram certificadas nove mil 255 empresas e realizadas 911 acções de formação, abrangendo 37 mil 112 formandos até Setembro deste ano.

Os membros do Conselho pronunciaram-se sobre o projecto de Orçamento Geral de Estado (OGE) para o ano 2015, elaborado no espírito do actual contexto económico e financeiro internacional, caracterizado pela baixa significativa do preço do petróleo.

A nota indica que o PROJECTO de OGE mantém a afectação de recursos significativos para o sector social, para o qual está destinado

34% do total o orçamento e neste âmbito prevê-se reforçar as dotações orçamentais para os programas de assistência social, destacando-se  o aumento das dotações financeiras destinadas à saúde e educação.

No encontro, os participantes foram informados sobre a estratégia do governo para a expansão da rede comercial de Angola até 2017, que engloba um conjunto de mecanismos, instrumentos e acções que visam criar as condições para que, com o envolvimento do sector privado, se possa alargar e modernizar a rede comercial, nos seus diferentes segmentos, em todo o território nacional.

Os parceiros sociais do governo apreciaram também um memorando sobre a implementação do Plano Nacional de Formação de Quadros.

O documento retrata as acções que o Executivo pretende realizar para promover o desenvolvimento do potencial humano de Angola, de maneira a dar resposta às exigências e necessidades do desenvolvimento sustentável do país, diversificar a economia, aumentar o emprego, reduzir as assimetrias regionais, elevar o nível de qualificação técnica e profissional da mão de obra nacional e melhorar o nível de vida dos cidadãos.

No quadro da iniciativa para o melhoramento do ensino superior, os membros do conselho apreciaram um relatório sobre o processo de auscultação pública dos ante-projectos de diplomas legais deste subsistema de ensino, documento que reflecte as opiniões das diversas entidades envolvidas, resultantes de encontros realizados em todas as províncias, de 7 a 11 de Julho deste ano.

Fonte: Angop/Jambakiaxi

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Information

This entry was posted on 14 de Novembro de 2014 by in Politica and tagged , , , , .

Navegação

%d bloggers like this: