JambaKiaxi

O mundo noticioso sem preço

PR recebe explicações sobre projecto das encostas da Boavista e Sambizanga

wqsddO Presidente da República, José Eduardo dos Santos, recebeu hoje explicações de como decorrem as obras do projecto de protecção e estabilização das encostas da Boavista e Sambizanga, iniciadas há dois anos.

O Chefe de Estado observou os registos fotográficos de demonstração que retratam as distintas fases do projecto, enquadrado na requalificação do distrito do Sambizanga, e recebeu informações detalhadas do mesmo (projecto).

O projecto engloba o “pacote 1-A, cujas obras terminam em Fevereiro do corrente ano, o pacote 1-B, com término previsto também para este ano, e o pacote 1-C, a iniciar brevemente.

Estas obras abarcam a construção das estradas da Sonils, com uma extensão de 2,13 quilómetros, zona da Boavista, troço que dá acesso ao Porto de Luanda com 0,55 quilómetros, construção das estradas da zona da Boavista, ligação da estrada da Sonils e via expressa Luanda/Kifangondo com extensão de 1,75 quilómetros.

As obras avaliadas em cerca de 7 biliões de Kwanzas, a cargo da empresa portuguesa de construção Soares da Costa visam facilitar ainda a mobilidade do tráfego automóvel desde a zona da Boavista  com ligações às áreas do Miramar, largo do ambiente, São Paulo e zona da Cuca.

No projecto protecção e estabilização das encostas da Boavista e Sambizanga enquadra-se também limpeza das áreas, decapagem, escavação e aterro compactado, passagens hidráulicas e drenagem, serviços de pavimentação, sinalização horizontal e vertical, iluminação pública, passeios, estacionamento e estação de tratamento das águas residuais.

De acordo com o ministro da Construção, Waldemar Pires Alexandre, a quem coube dar as explicações, ainda na zona da Boavista, no âmbito da requalificação existem espaços que poderão ser aproveitados para investimentos imobiliários privados.

Waldemar Alexandre sublinhou que o processo de realojamento dos populares que ainda vivem nesta zona é um problema a ter em conta porque muitos deles, já alojados em áreas como o Zango, voltaram a erguer casebres no local.

Fonte da administração do distrito do Sambizanga  informou à Angop que até ao presente momento foram já alojadas no bairro Zango cerca de três mil famílias que viviam na Boavista e arredores.

Fonte:Angop/Jambakiaxi

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Information

This entry was posted on 12 de Janeiro de 2015 by in Politica and tagged , , , , , , .

Navegação

%d bloggers like this: