JambaKiaxi

O mundo noticioso sem preço

Nota de 100 U$D dispara no mercado informal para 18.000 Kwanzas

qwefwefqwO Banco Nacional de Angola (BNA) acusou os bancos comerciais de estarem a privar os seus clientes da utilização e movimentação dos seus recursos, negligenciando a existência de um vínculo contratual estabelecido entre as duas partes.

Na manhã de hoje, o site voz de américa contactou alguns bancos comerciais e recebeu a mesma resposta: “não temos divisas”. Entretanto o BNA insiste em dizer que deu aos bancos comerciais divisas suficientes para atenderem às transacções no país.

Com a suspensão em Dezembro passado da venda de divisas, o valor do kwanza disparou, nomeadamente no mercado informal. Com este recuo, segundo alguns especialistas, o BNA pretendeu também evitar o aumento do valor do kwanza, mas para o economista Horácio Rodrigues dificilmente a moeda nacional regressará ao seu valor inicial.

“Vai ser difícil estabilizar a moeda nacional a 10 mil porque o factor emocional é muito importante”, justificou.

Por outro lado, o envio de remessas para o estrangeiro e o pagamento de facturas internacionais enfrentam vários constrangimentos desde Dezembro do ano passado.

O banco central angolano referiu ainda que, “enquanto garante da estabilidade do sistema financeiro”, para “ultrapassar eventuais irregularidades”, os clientes visados devem formalizar queixas junto da instituição.

Anteriormente, o governador do BNA justificou a dificuldade do acesso a divisas com “antecipações erradas” da crise do petróleo por agentes económicos.

Na última sexta-feira, José Pedro de Morais Júnior afirmou não existirem motivos para as dificuldades relatadas no acesso generalizado a dólares nos bancos comercias.

AO24 voltou mais uma vez nas ruas de Luanda fez consulta hoje nos mercados informais, confirmou que a venda duma nota de 100 dólares nas ‘kinguilas’ subiu para 18.000 Kwanzas e a compra da mesma quantidade por 15.000 Kwanzas, muito acima da taxa de câmbio oficial que subiu a (10.600 kwanzas para a mesma quantidade).

Existem queixas de alguns clientes dos bancos comerciais que acusa alguns bancos a vender uma nota de 100 dólares a 14,000 Kwanzas de não 10.600 Kwanzas, o preço estipulado pelo Banco central angolano.

Com esta subida de dólar no mercado informal num espaço de um mês, a moeda angolana desvalorizou mais de 50 porcento, isto terá um custo nos produtos importado e sobre a inflação.

Fonte:Angola24/Jambakiaxi

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Information

This entry was posted on 12 de Fevereiro de 2015 by in Economia, Politica and tagged , , , , .

Navegação

%d bloggers like this: