JambaKiaxi

O mundo noticioso sem preço

Bruxelas diz que Angola não seria problema na fusão BCP/BPI

aaaaUma eventual fusão entre o Millennium bcp e o BPI será analisada “com muita atenção” pela Comissão Europeia, devido ao impacto que terá na concorrência no mercado português, disse hoje a comissária europeia da Concorrência, Margrethe Vestager, num encontro com jornalistas em Bruxelas.

“Em geral, não fazemos discriminação entre proprietários de empresas”, afirmou Margrethe Vestager, quando questionada, pelo Diário Económico, se a Comissão veria com bons olhos uma fusão entre o Millennium bcp e o BPI, que criaria o maior banco português em activos, tendo como principais accionistas a empresária angolana Isabel dos Santos e a petrolífera estatal Sonangol.

“Não conheço o caso em questão, que não foi ainda notificado, mas a questão da não-discriminação é importante. O que nos preocupa é se existe ou não concorrência, tanto no sector financeiro como na indústria do chocolate ou em qualquer outra”, salientou a comissária.

Acrescentou: “Dito isto, claro que olharemos com muita atenção para este processo, se chegarmos a fazer o controlo dessa fusão”.

Bancos ajudados pelo Estado “não estão proibidos de participar em fusões”

O Millennium bcp beneficiou de uma injecção de capitais públicos em 2012, no valor de três mil milhões de euros, no âmbito da linha de recapitalização prevista no memorando da ‘troika’. Para poder beneficiar dessa ajuda de Estado, o banco liderado por Nuno Amado teve de assumir um conjunto de compromissos com Bruxelas, que incluem o impedimento de realizar aquisições de outros bancos, até 2017. Questionada se o BCP tendo recebido essa ajuda, poderá participar num processo de fusão, a comissária recusou comentar um caso concreto. Mas referiu que, em termos genéricos, essas situações são avaliadas caso a caso.

“Isso dependerá da fase em que essa empresa estiver. Terá de ser avaliado. O importante é assegurar que a empresa será viável. Não existe uma regra específica que proíba uma empresa que se encontra sob ajuda de Estado de se fundir com outras empresas. Tem de ser avaliado”, explicou.

Fonte:Economico.Sapo/Jambakiaxi

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Information

This entry was posted on 5 de Março de 2015 by in Politica and tagged , , , , , .

Navegação

%d bloggers like this: