JambaKiaxi

O mundo noticioso sem preço

Rafael Marques pede ajuda a Amnistia Internacional

qwefweUma petição da sede norte-americana da Amnistia Internacional endereçada à secretária de estado adjunta para Assuntos Africanos Linda Thomas-Greenfield pede a atenção dos Estados Unidos para o caso do activista Rafael Marques, que deve ser julgado por “denúncia caluniosa” como resultado da sua investigação sobre a exploração de diamantes no leste do país.

Sete generais angolanos são os autores do processo contra Rafael Marques.

No texto da Amnistia Internacional, o processo é referido como um acto de “motivação política”. O texto afirma que o processo é uma violação da liberdade de expressão consagrada na Declaração Universal dos Direitos do Homem e na Constituição de Angola.

A Amnistia afirma ainda que os procedimentos legais do caso não estão a ser cumpridos de acordo com padrões internacionais. Marques foi convocado a prestar depoimento sem um mandado oficial, e foi interrogado sem a presença de um advogado, sem ter sido informado atempadamente das acusações contra si.

Por fim, o texto pede a intervenção da secretária adjunta na Corte Africana dos Direitos Humanos e dos Povos para o encerramento do processo contra Rafael Marques.

O julgamento de Rafael Marques está previsto para o dia 24 de Março.

Fonte:Rede Angola/Jambakiaxi

Advertisements

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Information

This entry was posted on 11 de Março de 2015 by in Politica and tagged , , , , , .

Navegação

%d bloggers like this: