JambaKiaxi

O mundo noticioso sem preço

Isaac dos Anjos culpa Administração do Lobito pela tragédia

gsdrgO governador provincial de Benguela realçou que  as famílias desalojadas pelas chuvas, que já provocaram 74 mortes, segundo dados provisórios divulgados até domingo pelos Serviços de Protecção Civil, são alojados na zona das Antenas e de Bango Bango, no município do Lobito.

Posteriormente, referiu o governador, as famílias vão beneficiar de lotes de terreno em áreas seguras, para erguerem definitivamente as suas casas, logo que recebam os materiais de construção.

Isaac dos Anjos, que visitava os locais para o acolhimento temporário dos sinistrados no Lobito, disse que outras 50 famílias da Catumbela vão ser igualmente realojadas, no bairro do Alto Niva.
Em termos de prejuízos, o governador provincial de Benguela informou que a avaliação ainda não está concluída.

A preocupação das autoridades, neste momento, é trabalhar na localização e identificação de cadáveres, alojamento dos sobreviventes, contabilizar as pessoas em zonas de risco e criar condições para desalojamento e alojamento em locais mais seguros.

Isaac dos Anjos apontou “a falência administrativa e operacional”, falta de limpeza e de manutenção dos canais das águas pluviais como os factores que estiveram na base das enxurradas, principalmente nos bairros do Liro e da Luz, na cidade do Lobito. “Temos que assumir a responsabilidade por estes males e intervir no sentido de corrigir e monitorar de modo diferente”, afirmou o governador, para quem “os bairros periféricos são tão importantes quanto a zona asfaltada, daí que não podem ser esquecidas”, refere.

Quanto às escolas que continuam inoperantes, por causa das inundações, o governador de Benguela referiu que “carecem de uma intervenção urgente”. Os alunos destas  escolas vão ser transferidos para outros estabelecimentos de ensino.

O Governo Provincial de Benguela manifestou a sua consternação pelas vítimas das trovoadas na Ganda e em Caimbambo. Sobre esta questão, Isaac dos Anjos afirmou que existe um Decreto Presidencial e uma circular do Ministro do Interior, que obrigam à colocação dos pára-raios, principalmente nos estabelecimentos públicos.

Fonte:Angonotícias/Jambakiaxi

Advertisements

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Information

This entry was posted on 17 de Março de 2015 by in Politica and tagged , , .

Navegação

%d bloggers like this: