JambaKiaxi

O mundo noticioso sem preço

Filipe Nyusi eleito presidente da Frelimo após demissão de Armando Guebuza

feqwrDemissão de Guebuza apanha Moçambique de surpresa e acaba com dualidade de poderes.

Numa decisão surpreendente o presidente da Frelimo, Armando Guebuza, demitiu-se Domingo  da liderança do partido no poder em Moçambique,  despoletando assim o que se adivinhava como um crescente conflito  com o chefe de estado Filipe Nyusi que foi de imediato eleito para chefiar o partido.

A demissão de Guebuza ocorreu numa reunião do Comité Central na Matola, nos arredores do Maputo onde a questão da sucessão de Guebuza não era, pelo menos em declarações públicas uma das questões em análise.

“O camarada presidente Armando Emílio Guebuza surpreendeu os membros do Comité Central e apresentou a sua demissão, que foi aceite”, anunciou o porta voz  da Frelimo Damião José..

Nyusi foi subsequentemente eleito presidente da Frelimo, confimou posteriormente Damião José.

Desde que Nyusi foi eleito presidente tinha havido crescentes interrogações sobre a dualidade do poder com Guebuza a controlar o partido no poder e Nyusi na presidência da república.

Alguns analistas interrogaram-se por exemplo sobre se os deputados da Frelimo no parlamento iriam obedecer á presidência do partido ou do país em caso de conflito entre os dois.

Essas dúvidas tinham aumentado de intensidade depois de Nyusi ter mantido um encontro com o líder do partido da oposição Afonso Dhlakama que exige a criação de regiões autónomas nas províncias que o seu partido ganhou.

Na abertura dos trabalhos do Comité Central, Armando Guebuza criticou na Quinta-feira  aqueles que, segundo disse,  publicamente procuram dividir e semear a confusão no partido.

“Preocupa-nos a postura e comportamento de alguns camaradas que publicamente engendram acções que concorrem para perturbar o normal funcionamento dos órgãos e das instituições e para gerar divisões e confusão no nosso seio”, disse.

Guebuza descreveu criticas às suas posições e á dualidade de poderes como uma tentativa de destruir a Frelimo.

Nyusi ganha o partido depois de ter sido eleito Presidente da República em Outubro de 2014, sucedendo também a Armando Guebuza, que havia completado dois mandatos como chefe de Estado.

Dos 189 elementos presentes do Comité Central, 186 votaram a favor, tendo-se verificado duas abstenções e um nulo.

Fonte:VOA/Jambakiaxi

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Information

This entry was posted on 30 de Março de 2015 by in Politica and tagged , , , .

Navegação

%d bloggers like this: