JambaKiaxi

O mundo noticioso sem preço

Danone pode investir USD 60 milhões em fábrica em Angola

dwqdqwA Danone quer instalar uma unidade industrial no país e acompanha atentamente a evolução do sector agro – pecuário, pois a empresa para concretizar o investimento numa nova fábrica precisa de leite fresco de qualidade.

Em entrevista exclusiva a OPAÍS, Nelson Abreu, country manager da Danone em Angola, falou do interesse da multinacional francesa ligada aos produtos alimentares instalar uma fábrica no país, do sucesso da marca e do mercado da distribuição. Referiu que a empresa importa acima de 10 mil toneladas/ano e que cresceu 10% em relação a 2013, sendo que a facturação em 2014 foi superior a USD 40 milhões.

“Nós já estamos em Angola há vários anos. Começámos a nossa actividade com o trabalho nos iogurtes de longa duração, que são aqueles não precisam de refrigeração e têm uma validade mais longa mas, a partir do momento que começaram a abrir as novas superfícies com canais modernos como os supermercados, hipermercados, ‘cash and carry’, nós também começámos a trabalhar a gama de produtos frescos, iogurtes de curta validade que vêm por carga área. Por isso a nossa actividade em Angola passa pela importação de iogurtes de longa duração que vêm por barco da África do Sul e depois passámos a trabalhar os iogurtes de curta duração que vêm por carga área, via Portugal”, disse.

No que toca a faturação, deu a conhecer que a mesma Aumentou em comparação com 2013. “Nós crescemos cerca de 10 % em relação ao ano de 2013 e a nossa facturação em 2014 foi superior a USD 40 milhões”.

Questionado sobre o processo de implantação de uma unidade fabril no nosso país, o gestor afirmou ser intenção da sua empresa iniciar a produção local, “só que, neste momento, o que se passa é que estamos dependentes também do desenvolvimento do sector agro-pecuário em Angola. A Danone é uma empresa que só trabalha com leite fresco não incorpora outro tipo de leite a não ser fresco, feito ao longo do dia, não trabalha com leite em pó ou outro tipo de leite ou processado, por isso implicava que em Angola houvesse capacidade em termos do sector agro-pecuário de ter produção de leite em grande escala. Uma fábrica para uma ou duas linhas de produção. O investimento da fábrica não é um problema. O problema é onde se pode arranjar a matéria-prima. A Danone não produz, não trabalha na produção de leite ou seja o que a Danone faz é procurar parceiros no sector para comprar o leite sempre tem que ser leite fresco, leite do dia. Passado um ou dois dias de sair das quintas tem que estar na fábrica”.

Fonte:Angonotícias/Jambakiaxi

Advertisements

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Information

This entry was posted on 19 de Maio de 2015 by in Economia, Politica and tagged , , , .

Navegação

%d bloggers like this: