JambaKiaxi

O mundo noticioso sem preço

Abertas vagas na ONU para jovens angolanos

wegf3Jovens licenciados angolanos foram ontem informados em Luanda das oportunidades de ingresso no sistema das Nações Unidas, que em 15 de Dezembro vai recrutar em todo o mundo técnicos com formação superior. A informação foi divulgada no decurso de um seminário promovido pelo Ministério das Relações Exteriores destinado a licenciados e a estudantes universitários.

O exame nacional de recrutamento competitivo das Nações Unidas”, como é oficialmente designado, é uma iniciativa para o  recrutamento de jovens profissionais qualificados dos Estados membros não representados e sub-representados e foi aprovado pela Assembleia-Geral na 65ª sessão.
Jonh Erikson, do Departamento de Recursos Humanos da ONU, disse no seminário que se podem candidatar a funcionários do sistema das Nações Unidas cidadãos nacionais até 32 anos, licenciados e que escrevam e falem fluentemente francês ou inglês, mesmo sem qualquer experiência profissional.
O funcionário das Nações Unidas declarou que os objectivos do exame residem na melhoria da representação geográfica dos Estados membros no Secretariado, no  aumento da sua diversidade e no rejuvenescimento da organização por intermédio da construção de um banco de talentos de jovens profissionais para preencher funções de chefia, de escalão intermédio e sénior, a médio e longo prazo.  As vagas disponíveis, referiu, são nas áreas de Administração, Finanças, Comunicação Social, Direitos Humanos, Assistência Jurídica e Estatística.

Vagas disponíveis

A apresentação das candidaturas varia de acordo com a vaga pretendida, de Junho até Setembro.
Os interessados devem preencher um formulário, disponível no site http://careers.un.org. O secretário-geral do Ministério das Relações Exteriores, Eduardo Beny, pediu aos jovens angolanos que adiram ao exame nacional das Nações Unidas.  “Com a eleição de Angola a membro não permanente do Conselho de Segurança da ONU, aumenta as responsabilidades do país e era bom que mais angolanos estivessem inseridos nos quadros do sistema das Nações Unidas e noutras organizações internacionais”, acentuou.
Eduardo Beny disse esperar que os exames nacionais de Dezembro permitam o enquadramento de um o maior número de quadros angolanos no sistema das Nações Unidas e da diplomacia internacional.

Fonte:Angonotícias/Jambakiaxi

Advertisements

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Information

This entry was posted on 29 de Junho de 2015 by in Politica and tagged , , , , , .

Navegação

%d bloggers like this: