JambaKiaxi

O mundo noticioso sem preço

Há universidades com cursos ilegais

wergA maior parte das universidades privadas reconhecidas em Angola têm alguns cursos por legalizar, de acordo com uma lista divulgada pelo Ministério do Ensino Superior e que o Jornal de Angola teve acesso.

Com a divulgação da lista, o Ministério pretende alertar os estudantes e empregadores, bem como a sociedade em geral sobre os riscos que se corre ao serem frequentados cursos não legalizados. Essa situação, sublinha o Ministério, pode acarretar problemas no reconhecimento dos graus, títulos e diplomas obtidos, porquanto “todos os actos, benefícios e títulos decorrentes do funcionamento ilegal das instituições de ensino superior são nulos para efeitos académicos”.

A Universidade Metodista de Angola, reconhecida pelo Decreto n.º 30/07 de 7 de Maio, tem por legalizar todos os cursos da Faculdade de Economia, designadamente, Economia, Gestão e Administração de Empresas, com opções em Contabilidade, Fiscalidade, e Gestão Bancária e Seguradora.

Engenharia Aeronáutica, Arquitectura e Urbanismo, Reabilitação Física e Psicossocial, Cardiopneumologia, Biologia, Teologia, Gestão Hoteleira e Animação, bem como Ciências dos Desportos e Educação, são os outros cursos que a universidade afecta à Igreja Metodista precisa legalizar.

A Universidade Católica de Angola tem por legalizar os cursos de Contabilidade e Administração (Faculdade de Economia e Gestão), Psicologia Clínica e Psicologia do Trabalho e das Organizações, bem como os cursos de Línguas e Literatura, Teologia e Administração e Tradução, todos da Faculdade de Ciências Humanas.

A Universidade afecta à Igreja Católica, reconhecida através do Decreto nº 38-A/92 de 7 de Agosto, tem ainda por legalizar o curso de Engenharia de Telecomunicações.

A Universidade Técnica de Angola, reconhecida pelo Decreto nº 29/07 de 7 de Maio, tem de legalizar os cursos de Direito e o de Ciências Políticas, enquanto a Universidade Óscar Ribas tem por legalizar o curso de Administração Pública, e a Universidade Privada de Angola os cursos de Engenharia Mecânica e de Medicina.

A Universidade Jean Piaget de Angola não tem legalizado o curso de Análises Clínicas e Saúde Pública, na mesma situação está a Universidade de Belas nos cursos de Psicologia, Nutrição e Dietética e de Gestão Hospitalar, todos da Faculdade de Ciências Médicas.

A Universidade Gregório Semedo, reconhecida pelo Decreto nº 23/07 de 7 de Maio, tem por legalizar quatro cursos: Engenharia do Ambiente, Engenharia de Minas, Línguas e Literatura (com opção Inglês e Português) e Sociologia. Já a Universidade Privada de Angola não tem legalizado o curso de Engenharia Mecânica. As universidades Independente e Lusíada de Angola são as únicas que têm todos os cursos legalizados.

Institutos superiores

A maioria dos institutos superiores reconhecidos não tem legalizado sequer um único curso por si ministrado. É o caso dos institutos Politécnico de Ciências e Tecnologias, Politécnico Internacional de Angola, Politécnico “Deolinda Rodrigues” e do Zango, todos em Luanda, e os institutos Politécnico de Porto Amboim (Cuanza Sul), Lusíada de Benguela, Jean Piaget, também de Benguela, e Politécnico “Maravilha”, igualmente em Benguela.

Na mesma situação se encontram os institutos Politécnico Católico de Benguela, Politécnico de Cabinda, Lusíada de Cabinda, Lunda Sul e Huambo, “Sol Nascente”e “Ekuikui II”, também estes do Huambo.

O Instituto Superior Politécnico Metropolitano de Angola tem por legalizar os cursos de Geologia e Minas e de Direito, o Instituto “Alvorecer da Juventude”as formações em Psicologia e de Relações Internacionais, enquanto o Politécnico do Cazenga precisa de fazer reconhecer o curso de Psicologia Clínica e o Politécnico de Benguela o curso de Gestão de Recursos Humanos.

Fonte:Angonotícias/Jambakiaxi

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Information

This entry was posted on 29 de Julho de 2015 by in MPLA, Opinião Publica, Sociedade, UNITA and tagged , , , , , , , , .

Navegação

%d bloggers like this: