JambaKiaxi

O mundo noticioso sem preço

UNITA e CASA-CE negam ligação aos ‘revús’

fgdfrgfgfghfhgjjhyjyukuAcusados por  estarem por detrás das manifestações de protesto, UNITA e CASA-CE negam qualquer ligação ao grupo do Movimento de Jovens Revolucionários.

O primeiro secretário do MPLA em Luanda, Bento Francisco Bento, acusou os partidos da oposição – com destaque para a UNITA e a CASA-CE –, de estarem por detrás das manifestações que têm ocorrido. Bento Bento falava aos militantes do seu partido durante o acto de massas realizado no Estádio da Cidadela.

O também vice-presidente da Assembleia Nacional chegou mesmo a afirmar que os jovens que estão detidos e acusados de tentativa de golpe de Estado são militantes da JURA, braço juvenil da UNITA, maior partido da oposição, que pretende desestabilizar a paz e a democracia no país,

«Não podemos aceitar que indivíduos chamados revolucionários, tutelados pela oposição, inclusive muitos deles foram buscar pseudónimos de indivíduos do MPLA nascidos na Primeira Região, e eles nascidos no Centro Sul do país. Adoptaram nomes como Nito Alves, quando Nito Alves foi do MPLA», afirmou Bento Bento, acusando Nito Alves, o mais novo entre os jovens detidos, com 19 anos, de ser da JURA.

Por sua vez, o presidente da Associação dos Jovens Angolanos Provenientes da Zâmbia (AJAPRAZ), Bento Raimundo, deslocou-se ao município de Nhareia, província do Bié, a 3 deste mês, e acusou a UNITA de estar a mobilizar jovens para regressar à guerra. «Vamos ficar vigilantes com aqueles que estão a incitar à guerra», afirmou Bento Raimundo, que ofereceu bens de primeira necessidade às populações da região. Lembrou ainda que «os indivíduos da UNITA que estão no Parlamento acusam o Presidente, mas foi ele quem lhes salvou a vida em 2002».

Para o vice-presidente do Grupo Parlamentar da UNITA, Adalberto da Costa Júnior, as acusações devem-se ao agravar da situação socioenómica do país nos últimos tempos, sendo que o objectivo é encontrar um «bode expiatório», algo que não permita identificar o«falhanço da governação».

Falando ao SOL, o responsável da UNITA sublinhou que os empresários estão falidos, têm uma dívida pública que não lhes é paga, estão desesperados e as populações estão cada vez mais pobres. Nestas circunstâncias, «há sempre aqueles que, por ordens superiores, saem à rua para dizer barbaridades que não condizem com a verdade».

Por sua vez, o vice-presidente da CASA-CE. Lindo Bernardo Tito, afirmou ao SOL que «não tendo perspectiva para a democracia em Angola, o MPLA recorre ao discurso de retorno à guerra». Contudo, «só o MPLA é que tem armas, ninguém mais as tem. Se quiser matar, que mate, não arranje subterfúgios».

O responsável da CASA-CE disse ainda que «o MPLA está com receio de perder as próximas eleições e está a criar momentos de instabilidade, porque onde não há conflito, não consegue governar e é o pior gestor».

Fonte:Jornal Sol/Jambakiaxi

Advertisements

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Information

This entry was posted on 10 de Agosto de 2015 by in CASA-CE, Politica, UNITA and tagged , , , , , .

Navegação

%d bloggers like this: