JambaKiaxi

O mundo noticioso sem preço

Angola abre crédito de 48 Milhões de Euros para pagamento de profissionais cubanos

wvwvwO Governo angolano aprovou um crédito de 48 milhões de euros para pagamento de contratos com a empresa cubana Antex, quando se avolumam preocupações com a saída de profissionais deste país de Angola devido a atrasos nos recebimentos. A abertura deste “crédito adicional”, no montante de 6.679.490.366 kwanzas, consta de um despacho de 17 de Agosto, assinado pelo Presidente angolano, José Eduardo dos Santos, consultado  pela Lusa, visando “o pagamento de despesas relacionadas com o pagamento de contratos assinados com a Empresa Antex”.

Na mesma informação não são disponibilizados dados sobre os setores que abrangem estes pagamentos ou prazos para a sua concretização, numa altura em que surgem relatos na imprensa privada angolana do abandono de profissionais cubanos das áreas da saúde e da educação, por alegados atrasos nos recebimentos.

A Lusa noticiou em julho que a permanência de médicos e professores cubanos em Angola pode estar em causa devido a atrasos nos pagamentos no âmbito da contratação destes profissionais. Em causa está o atraso no pagamento do Estado à Antex – Antillas Exportadora, empresa cubana que assegura o recrutamento e pagamento de médicos, professores e engenheiros de construção civil que trabalham em Angola.

Sem receber do Estado angolano, segundo relatos publicados nas últimas semanas na imprensa privada, tem sido Cuba a assegurar o pagamento à Antex, para manter estes trabalhadores em Angola.

Segundo o Governo angolano 42% dos médicos e 70% dos profissionais de saúde no país são cubanos. A crise económica provocada pela quebra nas receitas com a exportação de petróleo bruto terá agravado as dificuldades de Angola para assumir estes pagamentos, segundo o mesmo relato.

Os atrasos serão superiores as seis meses e ameaçam a atividade desenvolvida por cerca de 4.000 profissionais cubanos em Angola, apesar de a própria Antex negar, nas mesmas notícias, que esteja previsto um “intempestivo regresso” destes trabalhadores. As relações entre Angola e Cuba são tratadas ao mais alto nível, tendo em conta as relações históricas entre os dois países, desde a guerra pela independência do poder colonial português ao processo de formação de quadros.

No último ano, o Presidente e o vice-Presidente angolanos, José Eduardo dos Santos e Manuel Vicente, visitaram Havana, enquanto de Cuba viajaram para Luanda vários altos representantes do Executivo cubano. “Não temos informações para prestar sobre este assunto”, disse em julho à Lusa fonte oficial da embaixada cubana em Luanda.

“Há muita especulação, mas o trabalho e a colaboração continua. Temos muitos especialistas cubanos que cá continuam, é só o que podemos dizer”, indicou a mesma fonte. Segundo a imprensa local, a visita a Luanda do vice-presidente do conselho de ministros de Cuba, Ricardo Cabrisas Ruiz, já na primeira quinzena de julho, serviu para abordar junto do Governo angolano os atrasos nos pagamentos e obter garantias sobre os pagamentos.

Fonte:Angonotícias/Jambakiaxi

Advertisements

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Information

This entry was posted on 20 de Agosto de 2015 by in MPLA, Politica and tagged , , , , , , .

Navegação

%d bloggers like this: