JambaKiaxi

O mundo noticioso sem preço

Angola foi o país do mundo que mais progrediu no Índice de Liberdade Humana

dcdskAngola foi o país do mundo que mais progrediu no Índice da Liberdade Humana, divulgado esta quarta-feira pelo Instituto norte-americano Cato, de orientação ‘libertária’, com sede em Washington. Na primeira edição do estudo, Angola melhora, de 2008 para 2012, em 1,14 pontos a sua classificação, passando de 4,57 para 5,71 numa escala de 1 a 10.

De acordo com os autores do estudo, Ian Vásquez e Tanja Porčnik, o índice abarca 76 indicadores de liberdade pessoal e económica em áreas como o cumprimento da lei, a segurança, a circulação, a religião, a liberdade de associação e de expressão, o tamanho do governo, o sistema legal e os direitos de propriedade, o acesso ao dinheiro, a liberdade para efectuar transacções comerciais com o exterior e a regulação do crédito, do mercado de trabalho e dos negócios.

Angola ocupa a 135ª posição entre os 152 países analisados em 2012 (o último ano de que se dispõe de informação suficiente para a elaboração do índice). No conjunto, apresentam uma média de 6,96, que significa que o nível de liberdade global se manteve ao nível de 2008 (ano que serve de comparação), embora a maior parte dos países tenha experimentado alterações nas suas classificações, com cerca de metade dos países analisados a aumentar a sua pontuação e a outra metade a diminuir.

O Índice de Liberdade Humana abarca o índice de liberdade individual e de liberdade económica, os quais têm a mesma ponderação no índice global. Para a pontuação final (5,71) de Angola o maior contributo vem do índice de liberdade individual (5,96), recebendo o índice de liberdade económica a pontuação de 5,46.

Liberdade individual

O índice de liberdade individual é estruturado com base em dois outros índices: o que respeita à protecção legal e segurança (que engloba o cumprimento da lei e a segurança) e o relativo a liberdades individuais específicas (de circulação,  religiosa, liberdade de associação e sociedade civil, liberdade de expressão).

Segurança, o aspecto mais pontuado

Angola apresenta a sua maior pontuação no plano da segurança (7,6)), seguindo-se o do cumprimento da lei (7,3), liberdade de expressão e informação (6,1), liberdade religiosa e relações individuais (5,0), circulação (3,3) e liberdade de associação e sociedade civil (2,9).

Angola apresenta a sua maior pontuação no indicador ‘liberdade pessoal’ (5,96) e O ‘índice de liberdade’ é valorado em 5,71 e o respeitante à ‘liberdade económica’ em 5,46.

Os dez países que encabeçam o Índice de Liberdade Humana são Hong Kong, Suíça, Finlândia, Dinamarca, Nova Zelândia, Canadá, Austrália, Irlanda, Reino Unido e Suécia, aparecendo os Estados Unidos na 20.ª posição. Nas últimas posições da lista surgem Myanmar (antiga Birmânia), a República Democrática do Congo e o Irão.

Liberdade e rendimento

De acordo com o estudo, ‘os países no topo da lista da liberdade humana beneficiam de um rendimento individual significativamente maior’, o que sugere que existe ‘uma forte correlação entre a liberdade humana e a democracia’.

A Europa e a América do Norte concentram os países com um índice de liberdade mais elevado, ao passo que é no Médio Oriente, na África Subsariana e no Sul da Ásia que se encontram grande parte dos países que apresentam os menores níveis de liberdade.

Fonte:O País/Jambakiaxi

Advertisements

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Information

This entry was posted on 20 de Agosto de 2015 by in Economia, Politica and tagged , , , , , , , .

Navegação

%d bloggers like this: